01/02/2017 às 15:55, Atualizado em 17/05/2017 às 15:58

Prefeitura de Batayporã quer otimizar transporte escolar

Prefeito reuniu-se com responsáveis pelo transporte de alunos para buscar soluções a fim de melhorar o serviço prestado

Cb image default
Encontro ocorreu na sede da Secretaria Municipal de Educação

Pensando em oferecer um atendimento de qualidade aos estudantes que dependem do transporte escolar, o prefeito Jorge Takahashi e a secretária municipal de Educação e Cultura, Cláudia Ibrahim, reuniram-se nesta quarta-feira (1º) com os motoristas e monitores dos ônibus para uma conversa em função do início das aulas.

O encontro foi realizado na sede da Secretaria de Educação e Cultura e abordou assuntos relevantes para a melhoria nos serviços prestados, como prudência com os alunos, cordialidade e pontualidade aos horários.

Ao iniciar a reunião, o Prefeito desejou aos responsáveis pelo transporte escolar um bom retorno ao trabalho e pediu a colaboração para atenderem os estudantes com respeito e qualidade. “Durante o tempo que o aluno permanece no ônibus escolar ele está sob total responsabilidade do motorista e do Município, por isso convocamos essa reunião para partilharmos experiências e buscar soluções para otimizar o serviço”, afirmou.

Takahashi acrescentou que, dentro das possibilidades, está trabalhando para melhorar a frota de veículos escolares. “Não é possível fazer muito, porque assumimos a Prefeitura com déficit financeiro, mas estamos nos esforçando para que os ônibus estejam em boas condições até o início do ano letivo. O nosso objetivo é garantir conforto, segurança e qualidade aos alunos”, ressaltou.

Na ocasião, a Secretária enfatizou que o processo educacional vai muito além do ensino didático. “Motoristas, merendeiras, auxiliares de serviços gerais e coordenadores tem papel fundamental no processo educacional. Cabe a cada um fazer a sua parte com eficiência para que o objetivo de ofertar um ensino de qualidade seja atingido”, sublinhou.

Atualmente, a Prefeitura conta com 16 motoristas, quatro monitores e 17 linhas para atender estudantes das redes municipal e estadual de ensino.

O encontro foi reforçado pelo vereador Nivaldo Moreira, que também é motorista de transporte escolar; pelo coordenador da frota escolar, Valdir Ribeiro e pelo encarregado da mecânica, Dorival Hennes.