16/04/2018 às 12:41, Atualizado em 16/04/2018 às 13:58

Minerva inicia reconstrução de frigorífico de Batayporã nos próximos dias

Cb image default
Informação foi confirmada pelo proprietário da planta, Ademar Capuci.  Foto: PMB

O Minerva Foods inicia nos próximos dias as obras de reconstrução da planta frigorífica de Batayporã, parcialmente destruída por um incêndio ocorrido em agosto de 2015. A informação foi confirmada pelo proprietário do empreendimento, Ademar Capuci, ao prefeito Jorge Takahashi.

Capuci afirmou que a empresa entrou em contato, garantindo o início da reforma da planta nos próximos dias. Porém, não soube informar ao Gestor qual seria o prazo de conclusão da obra.

A notícia foi comemorada pelo Chefe do Executivo, que não tem medido esforços para que a empresa volte a gerar empregos na cidade. “A parceria e o grande interesse do Governo do Estado através da política de incentivos fiscais estão sendo fundamentais para obtermos resultados positivos. O fato de iniciarem a reforma mostra que as negociações avançaram e estamos esperançosos para a reabertura da unidade”, ponderou Takahashi.

Para o Prefeito, a retomada da empresa vai ter impacto positivo na esfera social do município e fomentará a economia de Batayporã, com a possibilidade da geração de 600 empregos diretos.

Capuci enalteceu a postura do prefeito Jorge Takahashi diante das negociações com o Minerva. “O Prefeito tem nos ajudado muito, correndo atrás de parcerias para agilizar a reativação da unidade, que impulsionará o desenvolvimento de Batayporã”, afirmou.

Tratativas – No início do mês de fevereiro, Takahashi e vereadores reuniram-se com o governador Reinaldo Azambuja e a direção do Minerva Foods no sentido de iniciar um processo de negociação para a reativação da unidade, que fechou as portas em 2015.

Na ocasião, o Governo do Estado assumiu o compromisso de conceder incentivos fiscais em troca da geração de empregos. Segundo o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, foi a primeira vez que a empresa manifestou interesse de reabrir o frigorífico.