31/05/2017 às 13:55, Atualizado em 31/05/2017 às 17:38

Caminhada encerra atividades do movimento “Maio Amarelo” em Batayporã

Ações desenvolvidas durante o mês chamaram a atenção para os altos índices de mortes e feridos no trânsito

Cb image default
Caminhada contou com a participação de estudantes e diversos segmentos.             Fotos: Assessoria PMB

Uma caminhada pelo centro de Batayporã marcou o encerramento de um conjunto de ações realizadas durante este mês, com o objetivo de mobilizar a sociedade para debater o alto índice de mortes e feridos no trânsito.

A ação, realizada pela Prefeitura, por meio do Departamento Municipal de Trânsito (Demtran) e Secretaria Municipal de Educação e Cultura, integra o movimento “Maio Amarelo”.

A mobilização contou com a participação de estudantes das redes municipal e estadual de ensino, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV)para crianças e adolescentes, Departamento Estadual de Trânsito(Detran), Centros de Formação de Condutores do município e polícias Militar, Ambiental e Rodoviária.

Presente no ato, o prefeito Jorge Takahashi destacou a grandeza do movimento, que envolveu os mais diversos segmentos por um só objetivo, que é a paz no trânsito. “É alto o índice de acidentes de trânsito, não podemos fechar os olhos para esse problema e, essa integração de sistemas com parcerias de trabalho e conscientização é fundamental para o resultado final”, enfatizou.

Cb image default
Prefeito Jorge Takahashi destacou a grandeza do movimento que visa a paz no trânsito

Durante o mês o tema foi abordado em sala de aula, onde os alunos produziram redação, frases, desenhos e cartazes. As atividades incluíram ainda blitz educativa com entrega de panfletos na rodovia vicinal João Teixeira dos Santos, realizada pelos estudantes da escola Profª Bernadete Teixeira; apresentações artísticas, adesivagem em veículos e brincadeiras.

Por meio de uma seleção foram escolhidas as melhores redações de cada escola da rede municipal. Com o título “Minha escolha faz a diferença”, Gabriele Mingotti de Moura, da Anízio Teixeira da Silva, foi uma das selecionadas. A redação produzida pela aluna Letícia Santos Oliveira, intitulada “O trânsito”, foi a favorita da escola Profª Bernadete Teixeira.

As melhores frases e desenhos foram estampados em faixas, adesivos e banners que foram carregadas pelos participantes durante a caminhada.

“Eu escolho viajar com tranquilidade, uso cinto de segurança, não ultrapasso os limites de velocidade, preservo a minha vida e dos demais da minha cidade”. Frase do aluno Murilo Ricardo Moraes Pontes, da escola Anízio Teixeira da Silva, utilizada na principal faixa do evento.

Já as frases “As pessoas devem respeitar as leis do trânsito, pois nem sempre o caminho mais curto é mais seguro”, de Isabelly Pessoa dos Santos (escola Anízio Teixeira) e, “No trânsito você é responsável pela vida de quem vai e pela vida de quem vem”, de Laís Klein Ribeiro, (Profª Bernadete Teixeira), ilustraram os adesivos.

Cb image default

Os melhores desenhos são dos alunos Flávia Alexandra Ramos de Souza (Anízio Teixeira da Silva), Maria Luiza Queiroz de Almeida (Benedita Figueiró de Oliveira), Fabrício Sampaio de Oliveira e Andressa Escobar da Silva, ambos da escola Profª Bernadete Teixeira.

A secretária de Educação e Cultura, Claudia Macedo, ressaltou que o trabalho desenvolvido vai surtir efeito a médio e longo prazo. “Fizemos um grande trabalho de conscientização ao longo do mês, através das nossas escolas que apoiaram integralmente o movimento, mas continuaremos com a campanha durante todos os meses do ano”, afirmou.

Para o diretor do Demtran, Edilson Evangelista, os dados alarmantes de acidentes atentam sobre os cuidados que todos precisam ter diariamente, assumindo postura responsável no trânsito. “A consciência no trânsito é uma atitude extremamente necessária, exercida mediante a postura de responsabilidade com a nossa vida e de outras pessoas”, ressaltou.

Confira as fotos da caminhada aqui

Confira as redações das estudantes Gabriele e Letícia sobre a temática:

                                     MINHA ESCOLHA FAZ A DIFERENÇA

Depende da minha e da sua atitude para termos um trânsito melhor, precisamos nos conscientizar, para fazermos de forma correta, como por exemplo.

Ao sair para uma festa devo escolher em beber ou não beber, mas estarei sabendo que há algumas vidas em risco, a minha e a de outras pessoas.

Dirigir sem o cinto de segurança e atender o celular provavelmente ocasionará um grave acidente.

Os pais ao sair com os filhos sem a cadeirinha, deverá ter a consciência de que poderá ser multado ou até mesmo, ao sofrer um acidente, a criança poderá morrer.

Disputar uma corrida e digitar no celular pode bater em algum carro, e sair da pista.

Use o capacete, pois ele protege sua cabeça, para não provocar graves ferimentos.

É necessário que os motoristas tenham consciência das mortes que provocam, e mudem a atitude e seu comportamento no trânsito. E lembre sempre, minha escolha faz a diferença.

(Autora: Gabriele Mingotti de Moura - instruída pela professora Maria da Silva Lopes)

                                                             O TRÂNSITO

Nos últimos anos o que mais vemos na televisão, internet, rádio, jornais, etc.; São acidentes no trânsito causados por imprudência de condutores ou pedestres.

Começando por cruzar as ruas sem olhar para os dois lados, correndo o risco de um acidente. As pessoas precisam respeitar as sinalizações de trânsito, o semáforo, as placas.

Não correr muito na cidade, usar cinto de segurança, usar sempre o capacete, pois, é perigoso cair e bater a cabeça. É necessário estar sempre atento e atravessar a rua nas faixas de pedestre. Estar atento e fazer a curva sempre certa a direita e na direção certa.

É obrigatório parar para as pessoas atravessarem a faixa de pedestre; não passar correndo nas ruas, pois, se você não passar correndo, não vai dar tempo de o motorista parar e você correr rico de morte.

Ao fazer a rotatória muito rápida pode acontecer de vir um carro e bater em você, sendo assim é muito importante, seguir sempre as orientações de trânsito, nunca atravessar com sinal vermelho, ter paciência e calma.

Se beber não dirija!

(Autora: Letícia Santos Oliveira - instruída pela professora Ana Paula Martins da Silva)