03/08/2017 às 13:02, Atualizado em 03/08/2017 às 16:12

Saúde alerta para a importância do Teste da Orelhinha

Exame é realizado uma vez ao mês em Batayporã

Cb image default
Teste da Orelhinha detecta precocemente a perda auditiva.  Foto: Assessoria PMB

Detectar com antecedência possíveis alterações na audição do recém-nascido. Esse é o propósito do exame de Emissões Otoacústiscas Evocadas (EOA), conhecido popularmente como Teste da Orelhinha, disponibilizado gratuitamente pelo Governo Municipal de Batayporã.

Sabendo que a audição é um dos sentidos mais importantes para o desenvolvimento completo da criança, a Secretaria Municipal de Saúde chama a atenção para a importância da realização do exame.

Desta maneira, informa que o Teste da Orelhinha é realizado pela fonoaudióloga Cristiane Pereira da Silva, uma vez ao mês. O atendimento ocorre na Estratégia Saúde da Família (ESF) Santa Luzia, a partir das 13h. O procedimento se alia a outros atendimentos ofertados aos recém-nascidos pela rede municipal de saúde.

O agendamento do exame ocorre na Secretaria Municipal de Saúde, no período das 7h às 13h, sendo obrigatória a documentação do bebê.

O teste é rápido, simples, não invasivo, indolor e essencial para os recém-nascidos. Ele consiste na colocação de um fone acoplado a um aparelho na orelha do bebê que emite sons de fraca intensidade e recolhe respostas que o bebê produz, dando indicativos ou não de problemas auditivos.

A Prefeitura ao disponibilizar do Teste da Orelhinha no município, cumpre a Lei Federal nº 12.303/2010 que torna obrigatória e gratuita a sua realização.