29/04/2022 às 16:25, Atualizado em 29/04/2022 às 16:41

Crianças do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos iniciam aulas de ballet

Turma tem dois encontros semanais com duração de uma hora; parceria com estúdio proporciona aula com professor especialista em dança

Cb image default
Passos básicos incentivam progresso gradual das crianças. Foto: Maicon Araújo

Cerca de 15 crianças, entre sete e 12 anos, participaram das primeiras aulas de ballet clássico ofertadas no Centro de Convivência do Idoso Eliza Soares da Cruz (Conviver). A ação é uma parceria da Secretaria Municipal de Assistência Social, através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), com o estúdio profissional Dança em Cena, coordenado pelo professor João Rafael. Ainda há 10 vagas disponíveis para meninos e meninas da mesma faixa etária matriculados no SCFV.

Conforme informou a secretária municipal de Assistência Social, Maynara Wruck, o intuito é ampliar a oferta de atividades e fortalecer a formação cultural das crianças. “A dança é um instrumento fundamental para ampliar o repertório cultural de qualquer ser humano. Com ela desenvolvemos nosso controle corporal e, nesse caso, também somos enriquecidos pela convivência com os colegas, e pelo estudo do ballet em si, que envolve a coreografia e o tipo de música que o acompanha”, analisou.

O professor João Rafael, que tem ampla formação no campo da dança, explanou alguns dos benefícios que o ballet clássico proporciona às crianças. “Iniciamos com os passos básicos, mas elas vão aos poucos para os intermediários e avançados também. Desenvolvemos muito a coordenação motora, a musicalidade, a expressão corporal e fácial”, detalhou. A turma terá dois encontros semanais, com uma hora de duração.

Cb image default
Professor destacou múltiplos benefícios do ballet clássico para o desenvolvimento dos alunos. Foto: Maicon Araújo.

A estudante Thallya Ariany dos Santos Grilo, de 9 anos, comentou sua satisfação com o projeto. “Eu sempre quis fazer ballet e minha mãe sempre quis me matricular, mas ela nunca conseguia. Agora que tem a vaga, eu estou fazendo as aulas e estou gostando muito. É muito legal”, disse.

A experiência também foi bem recebida pelo estudante João Vitor do Prado Martins, de 12 anos. “É a primeira vez que eu faço isso. Eu estou aprendendo os passos e estou gostando muito de fazer ballet. Estou muito feliz de estar aqui com minha amigas, minha irmã, que me acompanha, e meu professor, João Rafael. Não desista dos seus sonhos. A cada passo que você dá, está mais próximo dos seus sonhos”, afirmou com determinação.

Cb image default
Exercícios posturais e de alongamento contribuem com o domínio do corpo. Foto: Maicon Araújo.