23/08/2019 às 09:06, Atualizado em 23/11/2020 às 10:22

Obra de reforma do prédio que irá abrigar CRAS está em ritmo acelerado

Nova sede do CRAS irá contar com espaço amplo e adequado, e deverá ser entregue esse ano

Cb image default

A reforma do prédio que irá abrigar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) está em ritmo acelerado. A estrutura que foi sede da antiga “Vaca Mecânica” será entregue à comunidade totalmente revitalizada, uma vez que está recebendo adequações para aprimorar o atendimento aos usuários.

Viabilizada pelo Governo Municipal, por meio da Secretaria de Assistência Social, a reforma da edificação permitirá a concretização de antigas reivindicações da comunidade, no que diz respeito a localização, e ainda atende uma das prioridades de governo da atual administração.

A modernização do prédio inclui melhorias nas instalações hidráulica e elétrica, e renovação da pintura. Embora não haja aumento na área total da construção, as intervenções são profundas com a derrubada de paredes e criação de novos espaços na estrutura interna, que irá contar com recepção, oito salas de atendimento, salão de reuniões, cozinha e despensa. 

Cb image default

Nesta quinta-feira (22), a secretária Leia Maria, acompanhada pela primeira dama Cléia Valéria, esteve vistoriando a obra e afirmou que a expectativa é que a nova sede do CRAS seja entregue esse ano.

Segundo a Gestora, a nova sede oferecerá um espaço mais adequado para acolher os usuários de modo ainda mais qualificado e atender a demanda da população, que vem crescendo. “O CRAS é a porta de entrada da Assistência Social e é um local que recebe muita gente. Devido a ampliação dos atendimentos e da oferta de oficinas com as famílias referenciadas, percebemos que precisávamos de um espaço físico maior. Estamos focados em oferecer ambientes que possibilitem, cada vez mais, a qualidade no atendimento aos usuários da Assistência Social”, frisou Leia.

A Secretária ratificou que a obra está sendo executada para oferecer um atendimento mais humanizado, mas que era um desejo do prefeito Jorge Takahashi dar maior conforto aos assistidos do CRAS.