08/07/2020 às 10:24, Atualizado em 08/07/2020 às 10:29

Prefeitura informa mudança no horário de atendimento nos setores da Administração Municipal

Cb image default
Foto: Aline Leão/Assessoria PMB

O Governo Municipal informa a população de Batayporã que os trabalhos internos e externos, bem como o atendimento ao público nos órgãos da administração direta e indireta do município estão sendo realizados das 7h às 11h.

A determinação segue o que consta no Decreto nº 57/2020, assinado pelo prefeito Jorge Takahashi, em virtude das medidas necessárias ao combate aos efeitos pandêmicos da Covid-19.

Conforme a medida, os servidores estão desenvolvendo as atividades em regime de revezamento, enquanto perdurar o período de isolamento necessário para a prevenção do contágio da doença, com exceção dos servidores que atuam na área de Segurança Pública, Sistema Público de Saúde, serviços de limpeza pública e vigias patrimoniais.

Além disso, as atividades presenciais não se aplicam aos servidores com idade igual ou superior a 60 anos; às gestantes e lactantes, aos portadores de doenças crônicas, uma vez que que esses deverão seguir as normas contidas no Decreto nº 45, de 19 de maio de 2020.

Os órgãos públicos que permanecerem abertos, obrigatoriamente deverão observar as normas preconizadas pelo Ministério da Saúde em relação à prevenção do coronavírus, como distância de dois metros entre os funcionários, disponibilização de álcool gel para os servidores e usuários, bem como manter a higienização de todos os ambientes comuns, como banheiros, bebedouros, etc.

O atendimento presencial à população em todos os setores municipais somente será realizado mediante extrema urgência, desde que não possa ser solucionado via telefone e e-mail. No entanto, deverão evitar aglomeração de pessoas dentro de cada repartição pública, limitando em 50% da capacidade total a permanência de pessoas no mesmo ambiente.

Em casos de fila de espera fora para atendimento, deverá o responsável do setor manter a organização e orientar as pessoas ficarem em espaço de no mínimo dois metros entre uma pessoa e outra.

Quanto às Unidades Básicas de Saúde e Vigilância Sanitária, as atividades e atendimento ao público serão mantidas, normalmente, por se tratarem de serviços públicos essenciais.

“Vamos manter o atendimento por telefone e e-mail e pedimos que os cidadãos liguem antes de procurar o atendimento presencial. As equipes estão aptas a fazer qualquer tipo de atendimento por telefone. Se houver qualquer necessidade de comparecimento pessoal, é necessário que o usuário respeite as medidas de prevenção, como o uso de máscara e álcool 70%, e obedeça o distanciamento”, observou o secretário de Administração, Finanças e Planejamento, Sidney Olegário.