04/04/2022 às 18:45, Atualizado em 04/04/2022 às 19:04

Batayporã terá mais de R$ 20 milhões em investimentos para Iluminação pública, pavimentação de trecho de rodovia e arena esportiva

Além dos lançamentos, Estado entregou reforma da Escola Jan Antonin Bata, avaliada em mais de R$ 2 milhões; áreas da Educação e Assistência Social também receberam recursos

Cb image default
Reforma da escola Jan Antonin Bata foi executada sob o valor de R$ R$ 2. 320.374,18 milhões. Foto: Prefeitura de Batayporã.

Com a assinatura de autorização de convênio realizada nesta segunda-feira (4) pelo prefeito Germino Roz e o governador do Estado de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, Batayporã deverá receber investimentos no valor de R$ 467.643, 91 para modernização da iluminação pública. O Executivo Estadual também autorizou licitação avaliada em R$ 19,5 milhões para obra de implantação e pavimentação asfáltica da Rodovia MS-276, no entroncamento da MS-473, limite dos municípios de Nova Andradina e Batayporã, entroncamento da MS-134 / BR-376, em uma extensão de 5,9 km, contendo duas pontes de concreto.

O anúncio foi feito durante solenidade realizada no pátio do Paço Municipal. Após o evento, os representantes seguiram para a Escola Estadual Jan Antonin Bata, onde entregaram reforma completa da unidade de ensino. O valor da obra foi de R$ 2. 320.374,18 milhões. A execução da reforma durou 12 meses.

“Esse pedido foi prontamente atendido logo que comunicamos o incêndio que a escola sofreu, um incêndio criminoso. O Governo entendeu nossa necessidade, foi rápido nos trâmites e, principalmente, entregou a obra no prazo, sem atrasos”, descreveu Germino.

Cb image default
Livros do MS Alfabetiza dão suporte ao trabalho pedagógico na Educação Infantil. Foto: Prefeitura de Batayporã

Os gestores assinaram ainda termo de cessão de uma arena esportiva com quadra de grama sintética. O investimento integra o Programa “MS Bom de Bola”, no valor de R$ 404 mil.

Educação e Assistência Social

A área da Educação foi contemplada com a entrega de 352 livros para os primeiro e segundo anos do Ensino Fundamental e13 livros para professores por meio do programa MS Alfabetiza. Já a Assistência Social contou com a destinação de 300 cartões para beneficiários do Mais Social, política voltada às famílias em vulnerabilidade para a aquisição de itens alimentícios.